...Quem Somos..... Artigos .....Literaturas..... Revistas .....Fale Conosco ..... Home
Pesquisa no Site
Quem Somos..... Artigos .....Literaturas..... Revistas .....Fale Conosco ..... Home
__________________________________________________________________________________________________________________________________
revistacrista.org

 

Atualizações
Twitter
Blogger

Downloads
Folhetos
Literaturas
Revistas
Vídeos
A Edição para iPad

Mensagens e Artigos
Temas Escatológicos
de A a Z
Frases Escatológicas

Nossas Crenças
Em que Cremos
Estatuto de Crença do Fim dos Tempos
Religiao x Evangelho
Glossário

Sobre nós
Quem Somos
Nossos Autores
Editorial
Liberdade de Expressão

Contatos
Contribuições e Anúncios
Contato

Revista Cristã
Última Chamada
Todos os direitos reservados.

Sinopse

 

...Os escarnecedores do tempo do apóstolo Pedro perguntaram: "Onde está a promessa da sua vinda?" (2ª Pedro 3:3). Lamentavelmente, os pregadores de profecias do nosso tempo acusam que os preteristas são os "escarnecedores" que viriam nos "últimos dias", antes do retorno de Cristo.

   Através desse "golpe baixo", tais pregadores afirmam que um preterista que coloca em dúvida que o retorno de Jesus esteja "próximo", ou que nega que Israel tornou-se uma nação de novo em 14 de Maio de 1948 como cumprimento da profecia bíblica, tal pessoa levianamente é considerada como um "escarnecedor" dos "últimos dias".

   Na verdade, tanto Pedro como os demais apóstolos ensinaram que Jesus retornaria "em breve" para trazer julgamento contra Jerusalém (antes da geração do primeiro século da era cristã passar, conforme Mateus 24:34).

   A "vinda" de Jesus para punir Israel predita em todo o Novo Testamento foi uma "vinda" em julgamento, não uma vinda física como será a Segunda Vinda no último dia. Essa "vinda" em julgamento é semelhante às "vindas" em julgamentos de Deus, como descritas pelos profetas do Antigo Testamento (por exemplo, Isaías 19:1; Miquéias 1:2-4).

   O julgamento que o Novo Testamento descreve foi feito contra Israel no período que antecedeu a destruição do templo no ano 70 d.C. (Mateus 22:1-14). Foi este evento que criou uma geração de escarnecedores proféticos desde que quase quatro décadas se passaram sem nenhuma mudança na situação de Israel. O templo ainda estava de pé, pedra sobre pedra, quando os escarnecedores começaram a ridicularizar as previsões anteriores de Jesus e dos apóstolos.

   Identificar os verdadeiros escarnecedores dos últimos dias é muito importante para a defesa do Preterismo. Na verdade, são os especuladores proféticos de hoje que são os verdadeiros escarnecedores da profecia bíblica.

A redação deste e-book está apenas 30% concluída até o momento. Ainda não disponível para download.

 

 

Nº de pág.: 00
Tam. arquivo: 0,00 MB

Outros livros do mesmo autor__________________

Ver mais em:
César Francisco Raymundo

Os ítens mais recomendados de nossa livraria____________________