Sistema de busca interna
Os ítens mais recomendados de nossa livraria ___________

Quem Somos..... Artigos .....Literaturas..... Revistas .....Fale Conosco ..... Home
revistacrista.org
__________________________________________________________________________________________________________________________________
Tópicos relacionados____________________________________________________________________________________________________________________
Apocalipse
... Saiba mais...
Geração, Última
... Saiba mais...
Segunda Vinda
... Saiba mais...
Revistas________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Atualizações
Twitter
Blogger

Downloads
Folhetos
Literaturas
Revistas
Vídeos
A Edição para iPad

Mensagens e Artigos
Temas Escatológicos
de A a Z
Frases Escatológicas

Nossas Crenças
Em que Cremos
Estatuto de Crença do Fim dos Tempos
Religiao x Evangelho
Glossário

Sobre nós
Quem Somos
Nossos Autores
Editorial
Liberdade de Expressão

Revista Cristã
Última Chamada
Todos os direitos reservados.

Contatos
Contribuições e Anúncios
Contato

...Quem Somos..... Artigos .....Literaturas..... Revistas .....Fale Conosco ..... Home

Diário Escatológico_________________________________________

 

Primeira reflexão de 2021

"Eu não creio nos teóricos da conspiração, embora considero que haja algum fundo de verdade em alguma ou outra coisa do que falam. Deixando de lado suas teorias da conspiração, somente uma coisa faria com que eu desse pelo menos um voto de crédito a eles, isto é, se eles pelo menos ensinassem o caminho da resistência para as pessoas. O problema principal dos teóricos da conspiração é deixar a entender que os planos dos homens maus vão dar certo e ponto final. A escatologia pessimista ensinada nas igrejas segue o mesmo padrão de inevitabilidade de sucesso a respeito dos planos dos homens maus. Esse determinismo simplesmente desarma as pessoas, tira o espírito de luta e resistência para entregar o mundo nas mãos do joio - sendo que o campo pertence ao trigo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

“De acordo com o ensinamento bíblico, principalmente encontrado em Romanos capítulo 13, a única função do governo é ser “vingador para castigar o que faz o mal”. Em outras palavras, o governo existe apenas como ministro de Deus para combater os homens maus. As demais questões como saúde, educação, habitação, construção de estradas, ruas e praças etc., não deveriam estar nas mãos do Estado. O resultado desastroso de um governo que quer se meter em tudo na vida do cidadão está ai diante de nossos olhos, ou seja, temos a falta de liberdade individual e a dependência do governo que nos fez doentes e prisioneiros de um sistema que, além de não ser bíblico e aprovado por Deus, gera uma idolatria no coração das pessoas. As pessoas simplesmente dizem amém a adoram ao “deus Estado”, ao invés de reconhecer que todo o seu bem estar social vem única e exclusivamente de Deus”.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

“Se quisermos corrigir nossa escatologia, vamos começar pelo vocabulário. Se as palavras foram feitas para representar partes do pensamento humano, então vamos usá-las adequadamente. Então, vamos parar de falar que “geração” significa “raça” e que a palavra “esta” significa “aquela”, ou que “vós” significa um “vós transcendental” ao invés dos primeiros ouvintes de Jesus. Leia Mateus 24 dentro de sua gramática correta e veja que o Sermão profético não poderia ter sido cumprido além do tempo da Igreja primitiva. Até mesmo as Testemunhas de Jeová, conhecendo a força do significado das palavras, tiveram que adulterar 1ª João 5:20 ao trocar a palavra “este” por “esse” para negar que Jesus é o “verdadeiro Deus e a vida eterna”.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"O maior acerto na minha vida de escritor tem sido ficar afastado de redes sociais, lives, debates, grupos de watssap etc. O único debate que psicologicamente aguento é ficar LITERALMENTE frente a frente com uma pessoa. Ver mensagens ruins e contras de pessoas distantes para mim tem um peso muito maior do que pessoalmente. Outro problema que tenho e é muito grave é o tempo, o meu maior inimigo. Não posso perder uma partícula de tempo, pois não consigo fazer o que devo fazer. Tenho notado que os pensamentos dos crentes em relação ao meu trabalho são muito mundanos. Estatísticas de acesso em alta, likes, muitos vídeos, participar das rede sociais não geram mudança. As pessoas ainda não aprenderam que uma restauração/revolução começa com doze discípulos, não com dez milhões de acesso. O meu ministério ficará concentrado na QUALIDADE e não na quantidade. Se alguém se arroga fazer mais, que o faça por mim. Eu prefiro a simplicidade de Cristo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Pelo o que já estudei das profecias escatológicas do Novo Testamento, caso os judeus tivessem se arrependido de seus crimes contra Cristo até antes do ano 70 d.C., eles não teriam sido destruídos pelos romanos. Mas, acredito que eles jamais deixariam o templo de pé, destruindo-o por acreditarem em um templo maior, o Corpo de Cristo. Por outro lado, se aquele templo não tivesse sido destruído pelos romanos no ano 70 d.C., acredito que o mesmo teria sido uma grande fonte de tentação para a Igreja até hoje. O templo destruído, como um silêncio "ensurdecedor", trouxe por dois mil anos a realidade de que só a Igreja é o verdadeiro templo construído com pedras vivas. Embora Roma tenha caído, seu rei, o imperador Constantino, foi o primeiro dos reis da terra a trazer as suas riquezas a Nova Jerusalém (Apocalipse 21:24). Enfim, o Templo e a Cidade de Deus prevaleceram sobre a cidade e o templo dos homens".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Assim como o Dispensacionalismo é dependente de textos obscuros como o de Daniel, Zacarias e Apocalipse para manter sua escatologia, assim também o Calvinismo é dependente dos "pontos difíceis de entender" dos escritos do apóstolo Paulo. A humanidade e a clareza de Jesus nos quatro evangelhos é um problema para o Calvinismo, assim também como a clareza de Mateus 24 o é para o Dispensacionalismo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Se eu for conhecido na história por algum legado, quero ser lembrado como alguém que viveu a vida só pensando em sabotagem de sistemas malignos, sejam eles políticos ou religiosos".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Quem levar a sério o que é o conceito de arma, vai saber que tanto faz veneno, pedra, taco de beisebol, pistola ou fuzil etc. O que pesa sempre é quem é criminoso ou não. Usar a Biblia para negar a posse de armas é o mesmo que negar a própria Bíblia. Ficamos chocados com a liberação das armas por um único e simples motivo: ESTAMOS DESACOSTUMADOS com o uso delas. Nossos pais na época do regime militar podiam ter armas. Me lembro que eram até mesmo vendidas na loja Mesbla. A permissão do cidadão de bem ter arma no tempo do regime militar é uma prova de que nunca vivemos uma ditadura no Brasil, pois nenhum líder totalitário que se preze permitiria que a população esteja armada. Arma na mão do povo impede que os agentes do Estado dominem a população. Vejam que nessa pandemia-FrauDemia tivemos prefeitos e governadores que se comportaram como reizinhos feudais. Se nós estivéssemos armados nem eles e nem suas forças policiais "Gestapo" teriam cometido abusos".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Votei no Bolsonaro e votarei de novo em 2022, se Deus quiser. Posso dizer que "esperei" desde a infância para ver um governo como o dele. Só quem está cego em relação a realidade é que não pode enxergar que toda uma "máquina" estatal, municipal, federal, judiciária e a grande mídia dia e noite faz de tudo para derrubá-lo. Isto se dá porque secou a fonte da corrupção e a das pautas insanas da Esquerda maldita. Simplesmente, até agora, não existe alternativa ao Bolsonaro para a presidência. Eleger Bolsonaro com todos os seus erros é como escolher entre Constantino e Maxentius. Só cristãos ideologizados por seitas é que rejeitariam o imperador romano Constantino, para se fazerem de "inteligentinhos". Meu apoio a Bolsonaro não significa que apoio tudo o que ele faz. Se amanhã ele pisar na bola, estarei satisfeito que a minha escolha funcionou bem até o momento em que escrevo está reflexão. Eu vivo de REALIDADE e sei muito bem que os esquerdistas querem de alguma forma destruir tudo o que os cristãos prezam. Basta VER as declarações insanas deles todos os dias. Quem nega isto está CEGO. Vamos orar muito por Bolsonaro, pois, por enquanto, ele é a Única barreira que temos contra o Comunismo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Os teóricos da conspiração não se limitam apenas aqueles que teorizaram sobre Anticristo, Grand Reset e Nova Ordem Mundial. Houve aqueles que teorizaram contra o ex presidente dos EUA, Donald Trump. Seu mandato terminou e o que muitos religiosos falaram a seu respeito não se concretizou. O pastor Caio Fábio errou feio quando disse que o apoio a Trump seria o mesmo que apoiar a um Anticristo. Analisando tudo e retendo o que é bom, não há nada de tenebroso na ideologia de Trump. Nem mesmo houve o caos e a guerra no mundo por conta de sua política. Aliás, ele foi o único presidente que atravessou a fronteira da Coreia do Norte e cumprimentou o ditador Kim Jong-un. Sem sombra de dúvida Trump entrou para a história como o melhor, na certeza de que assim como o imperador romano Constantino, ele garantiu naquilo que pôde um mundo melhor para a Igreja de seu país. Por outro lado, a história vai julgar muitos que foram doutrinados em seminários de teologia, os quais são pastores defensores da Esquerda e do Comunismo, muitos desses envolvidos na tal da Missão Integral, ideologia esta que o cristão comum pouco se importa ou nem toma conhecimento".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Eu achava que conhecia alguma coisa a respeito do mal. Mas, agora, no tempo do uso das máscaras, caiu a máscara de muita gente. Estou pasmo de ver quanta gente má, genocida, assassina e imunda estava escondida atrás das máscaras. Isto vai desde médicos assassinos que por motivos ocultos, sabe-se lá quais, negam a informação de como se tratar da peste chinesa. Nunca vi tanta histeria e tanto ódio em jornalistas, políticos e artistas. Há pessoas que vejo nas mídias que parecem não estar falando por si só, mas parecem que estão em transe, possuídas por legiões de demônios. Diante dessa realidade, volto a dizer que isso tudo é resultado da falta de ocupação de espaços públicos por parte da Igreja. Quando digo espaços públicos, não me refiro somente na política, mas em todas as áreas da cultura e do conhecimento. A Igreja se omitiu de ser o sal da terra e luz do mundo, e isto começou desde que a ideia de um Arrebatamento Secreto tornou-se uma inevitalidade profética. Se a Igreja voltar a fazer o bem que ela sabe que deve fazer, o mundo será restaurado".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"O Gato Zebra poderá virar uma lenda urbana, talvez. O importante é que tenho feito na surdina um trabalho intelectual que nenhum outro fez em Porto Belo. Nas próximas décadas vai aparecer o que tenho feito por aqui (e olha que tenho me empenhado, mas já tenho resultados). Se no futuro alguém se lembrar de mim, peço que antes de tudo se lembre de três grandes cachorros, são eles: Tines, Tines Segundo (ambos da raça labrador) e o Ursinho da raça Shih-tzu. Esses três me fez pensar em ser mais humano para com as pessoas, embora eu tenha sido terrivelmente muito duro com muita gente. A história me julgará".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

 “Alguns pastores afirmam que o que a Bíblia diz é ofensivo para a cultura moderna, e, portanto, deve-se encontrar outra explicação, ou atualização e ressignificação do conteúdo bíblico. O que essas bestas pastorais ignoram é que muito do que temos atualmente em nossa cultura moderna foi produzido por ideólogos, filósofos e ativistas secularistas em suas mais diversas correntes de pensamento. Portanto, estamos sendo contaminados por muito lixo produzido por mentes insanas e aí me vem o mais insano pastoral dizer que são os tempos modernos e que devemos nos adaptar. Essas bestas pastorais infiltradas em seminários de teologia, muitas vezes decidem ser juízes da realidade para redefini-la conforme melhor lhes convém. Eles acreditam que certas coisas devem ser decididas por decreto estatal, como por exemplo, a ideologia de gênero. Muitos evangélicos progressistas têm adotado essas linhas de pensamento. Vamos denunciá-los dando nome aos bois”.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Pelo o que já estudei das profecias escatológicas do Novo Testamento, caso os judeus tivessem se arrependido de seus crimes contra Cristo até antes do ano 70 d.C., eles não teriam sido destruídos pelos romanos. Mas, acredito que eles jamais deixariam o templo de pé, destruindo-o por acreditarem em um templo maior, o Corpo de Cristo. Por outro lado, se aquele templo não tivesse sido destruído pelos romanos no ano 70 d.C., acredito que o mesmo teria sido uma grande fonte de tentação para a Igreja até hoje. O templo destruído, como um silêncio "ensurdecedor", trouxe por dois mil anos a realidade de que só a Igreja é o verdadeiro templo construído com pedras vivas. Embora Roma tenha caído, seu rei, o imperador Constantino, foi o primeiro dos reis da terra a trazer as suas riquezas a Nova Jerusalém (Apocalipse 21:24). Enfim, o Templo e a Cidade de Deus prevaleceram sobre a cidade e o templo dos homens".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Assim como o Dispensacionalismo é dependente de textos obscuros como o de Daniel, Zacarias e Apocalipse para manter sua escatologia, assim também o Calvinismo  é dependente dos "pontos difíceis de entender" dos escritos do apóstolo Paulo. A humanidade e a clareza de Jesus nos quatro evangelhos é um problema para o Calvinismo, assim também como a clareza de Mateus 24 o é para o Dispensacionalismo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Quem levar a sério o que é o conceito de arma, vai saber que tanto faz veneno, pedra, taco de beisebol, pistola ou fuzil etc. O que pesa sempre é quem é criminoso ou não. Usar a Biblia para negar a posse de armas é o mesmo que negar a própria Bíblia. Ficamos chocados com a liberação das armas por um único e simples motivo: ESTAMOS DESACOSTUMADOS com o uso delas. Nossos pais na época do regime militar podiam ter armas. Me lembro que eram até mesmo vendidas na loja Mesbla. A permissão do cidadão de bem ter arma no tempo do regime militar é uma prova de que nunca vivemos uma ditadura no Brasil, pois nenhum líder totalitário que se preze permitiria que a população esteja armada. Arma na mão do povo impede que os agentes do Estado dominem a população. Vejam que nessa pandemia-FrauDemia tivemos prefeitos e governadores que se comportaram como reizinhos feudais. Se nós estivéssemos armados nem eles e nem suas forças policiais "Gestapo" teriam cometido abusos".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Votei no Bolsonaro e votarei de novo em 2022, se Deus quiser. Posso dizer que "esperei" desde a infância para ver um governo como o dele. Só quem está cego em relação a realidade é que não pode enxergar que toda uma "máquina" estatal, municipal, federal, judiciária e a grande mídia dia e noite faz de tudo para derrubá-lo. Isto se dá porque secou a fonte da corrupção e a das pautas insanas da Esquerda maldita. Simplesmente, até agora, não existe alternativa ao Bolsonaro para a presidência. Eleger Bolsonaro com todos os seus erros é como escolher entre Constantino e Maxentius. Só cristãos ideologizados por seitas é que rejeitariam o imperador romano Constantino, para se fazerem de "inteligentinhos". Meu apoio a Bolsonaro não significa que apoio tudo o que ele faz. Se amanhã ele pisar na bola, estarei satisfeito que a minha escolha funcionou bem até o momento em que escrevo está reflexão. Eu vivo de REALIDADE e sei muito bem que os esquerdistas querem de alguma forma destruir tudo o que os cristãos prezam. Basta VER as declarações insanas deles todos os dias. Quem nega isto está CEGO. Vamos orar muito por Bolsonaro, pois, por enquanto, ele é a Única barreira que temos contra o Comunismo".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Os teóricos da conspiração não se limitam apenas aqueles que teorizaram sobre Anticristo, Grand Reset e Nova Ordem Mundial. Houve aqueles que teorizaram contra o ex presidente dos EUA, Donald Trump. Seu mandato terminou e o que muitos religiosos falaram a seu respeito não se concretizou. O pastor Caio Fábio errou feio quando disse que o apoio a Trump seria o mesmo que apoiar a um Anticristo. Analisando tudo e retendo o que é bom, não há nada de tenebroso na ideologia de Trump. Nem mesmo houve o caos e a guerra no mundo por conta de sua política. Aliás, ele foi o único presidente que atravessou a fronteira da Coreia do Norte e cumprimentou o ditador Kim Jong-un. Sem sombra de dúvida Trump entrou para a história como o melhor, na certeza de que assim como o imperador romano Constantino, ele garantiu naquilo que pôde um mundo melhor para a Igreja de seu país. Por outro lado, a história vai julgar muitos que foram doutrinados em seminários de teologia, os quais são pastores defensores da Esquerda e do Comunismo, muitos desses envolvidos na tal da Missão Integral, ideologia esta que o cristão comum pouco se importa ou nem toma conhecimento".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Eu achava que conhecia alguma coisa a respeito do mal. Mas, agora, no tempo do uso das máscaras, caiu a máscara de muita gente. Estou pasmo de ver quanta gente má, genocida, assassina e imunda estava escondida atrás das máscaras. Isto vai desde médicos assassinos que por motivos ocultos, sabe-se lá quais, negam a informação de como se tratar da peste chinesa. Nunca vi tanta histeria e tanto ódio em jornalistas, políticos e artistas. Há pessoas que vejo nas mídias que parecem não estar falando por si só, mas parecem que estão em transe, possuídas por legiões de demônios. Diante dessa realidade, volto a dizer que isso tudo é resultado da falta de ocupação de espaços públicos por parte da Igreja. Quando digo espaços públicos, não me refiro somente na política, mas em todas as áreas da cultura e do conhecimento. A Igreja se omitiu de ser o sal da terra e luz do mundo, e isto começou desde que a ideia de um Arrebatamento Secreto tornou-se uma inevitalidade profética. Se a Igreja voltar a fazer o bem que ela sabe que deve fazer, o mundo será restaurado".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


“Alguns pastores afirmam que o que a Bíblia diz é ofensivo para a cultura moderna, e, portanto, deve-se encontrar outra explicação, ou atualização e ressignificação do conteúdo bíblico. O que essas bestas pastorais ignoram é que muito do que temos atualmente em nossa cultura moderna foi produzido por ideólogos, filósofos e ativistas secularistas em suas mais diversas correntes de pensamento. Portanto, estamos sendo contaminados por muito lixo produzido por mentes insanas e aí me vem o mais insano pastoral dizer que são os tempos modernos e que devemos nos adaptar. Essas bestas pastorais infiltradas em seminários de teologia, muitas vezes decidem ser juízes da realidade para redefini-la conforme melhor lhes convém. Eles acreditam que certas coisas devem ser decididas por decreto estatal, como por exemplo, a ideologia de gênero. Muitos evangélicos progressistas têm adotado essas linhas de pensamento. Vamos denunciá-los dando nome aos bois”.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Não há um versículo sequer nas Escrituras que diga que haverá a construção de um templo em Jerusalém. Os judeus já têm problemas demais com os seus vizinhos e com a mídia mundial em geral, agora imagina a reconstrução do antigo templo e a volta daquela horrivel carnificina de sacrifícios de animais? Imagina a comoção mundial das sociedades protetoras dos animais diante de milhares de vítimas inocentes sendo degoladas? Se essas coisas viessem a se concretizar seria a volta dos tempos das sombras do Antigo Testamento. O mais curioso de tudo é ver cristãos apoiando a volta desses sacrifícios, que caso voltassem, os judeus estariam sacrificando aos demônios, e não a Deus. Querer que o templo seja reconstruído em Jerusalém é rejeitar o Corpo de Cristo e Seu sacrifício".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Ao fazer a contabilidade dos dez anos de trabalhos literários sobre escatologia, posso dizer seguramente que prefiro mil vez produzir e-books do que livros impressos. Pelas minhas contas, no mínimo, devo ter ultrapassado uns cem mil downloads. Em livros impressos jamais teria passado de três mil tiragens no mesmo período, haja vista as limitações do material físico e as limitações das editoras. Tenho observado que a cópia de material digital tem uma reprodução impressionante. O material impresso jamais pode alcançar rapidez e quantidade. Quem ainda está preso ao material impresso precisa avaliar urgentemente essa questão. O material impresso tem seu público fiel, mas, se o digital estiver à frente, com certeza um público maior será alcançado".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Apesar de darem muita dor de cabeça, tenho muito mais respeito por hereges, comunistas, esquerdistas, filósofos, conservadores, líderes de seitas, pastores, padres, livres pensadores, cientistas etc. do que por pessoas que gastam suas vidas e energias atrás de bens materiais. Essas mesmas pessoas vivem dizendo: "O importante é ser feliz, curtir a vida!" ou: "Não vou perder meu tempo enchendo minha cabeça, vou correr atrás dos meus sonhos". Esses idiotas ignorantes, ignoram o fato de que o bem estar de suas vidas depende da ideologia que vai influenciar governos, sociedade e religião. Por isto, combato o bom combate, sabendo que se o meu lado prevalecer, ou o lado ideológico contrário, no final, um dos dois grupos irá reinar sobre os tolos que colocaram suas esperanças no dinheiro e nos bens materiais. Mesmo com o Reino de Deus e sua liberdade prevalecendo dentro de um país, os amantes do dinheiro tornam-se obrigatoriamente submissos".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"O Grande Pecado do reverendo Caio Fábio e de tantos outros pastores é difamar o Cristianismo e o sistema religioso. Não se deve atacar instituições. Devemos falar de pessoas, dar nomes e denunciar más obras conforme a norma do Novo Testamento. Ao difamar o Cristianismo o reverendo Caio Fábio e outros pastores estão fazendo coro com ateus, secularistas, esquerdistas, adeptos de seitas e tantos outros inimigos da Igreja. Se levarmos em consideração o pensamento desses pastores, poderá parecer que a Igreja cristã esteve corrompida o tempo todo por dois mil anos. A Igreja teve e tem seus pecados, mas ela sempre foi e sempre será vitoriosa. Por isto, não perco tempo falando mal do meio evangélico e do sistema religioso, pelo contrário, cito nomes de pessoas para denunciar abusos e ensinamentos falsos".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Os cientistas constantemente buscam pela "Teoria de Tudo" para explicar a origem do Universo. Os cristãos já têm essa teoria. É a verdade de que Deus é uma Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Deus é um e três Pessoas ao mesmo tempo, sem que sejam três Deuses. O mistério da Trindade está impresso em toda a criação. Tudo quanto existe segue o padrão de "três em um". Por exemplo: o Tempo é um e três ao mesmo tempo: passado, presente e futuro. O espaço é um e três: largura, altura e profundidade. A água é uma e três: líquida, sólida e gasosa. Uma família é composta de pai, mãe e filhos. O ser humano é composto de corpo, alma e espírito. Os exemplos são abundantes em toda a natureza. Podemos chamar isso de "Lei da Triosìntese", a qual é a Prova da Existência de Deus. É por isto que a teologia é a rainha do conhecimento humano, sendo superiora a ciência e a filosofia. O cientista que entender isto, entenderá que a resposta de tudo está SOMENTE em Deus. Somente assim a ciência evoluira dando um salto como nunca antes".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Das aves, estas abominareis; não se comerão... ,  o morcego".
- Levitico 11:13, 19

Pelo fato da Biblia classificar morcego como ave, e não mamífero que voa, muitos acusam que a Biblia contém erros e é anticientífica. O que os críticos "cabeças de amebas" ignoram é que a ciência que lida com a descrição, identificação e classificação dos organismos chama-se Taxonomia. No caso bíblico em questão, temos um exemplo de Taxonomia primitiva. Temos também como Taxonomia antiga aquela que foi elaborada pelo filósofo grego Aristóteles. Hoje temos a Taxonomia moderna, a qual não mais classifica morcegos como sendo aves. Quando Deus deu Sua revelação ao ser humano, Ele sempre respeitou o contexto, linguagem e o ambiente em que as pessoas viviam em suas determinadas épocas. Portanto, não se trata de erro científico na Bíblia. Por outro lado, o assunto em questão em Levitico 11 era religioso, e não científico".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Um ideólogo besta do século passado inventa uma teoria. Um pastor da modernidade mais besta ainda diz que tal teoria são os desafios dos tempos modernos e que precisamos dar respostas, ao ponto de termos que atualizar a própria Bíblia. É assim que interpreto a mente do pastor Caio Fábio e Ed René Kivitz".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


Atividades suspensas temporariamente na www.revistacrista.org

Pessoal, os trabalhos da Revista Cristã Última Chamada ficarão suspensos pelos próximos seis ou sete meses. É que depois de 12 anos de uso, o notebook realmente pifou, seus comandos por meio de teclas ou mouse simplesmente estão inviáveis. Sorte que não foi perdido nenhum arquivo do site, os quais dão um total de 20 anos de arquivos importantes.

Agradeço a paciência de todos em esperar durante o tempo que for preciso até que seja adquirido outro computador (Vai demorar alguns meses).

Por enquanto ficaremos sem postagens e lançamentos.

Grato a todos...

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"Todo rico tem a tendência de ser um opressor. Não é todos, mas é tendência. No sistema capitalista temos uma zona de equilíbrio, pois os ricos opressores não conseguem ser tão maus quanto poderiam ser; sempre há outros mais poderosos do que eles. É por isto que o Socialismo-Comunismo não deu certo nos lugares onde foi aplicado. É porque para que haja um regime comunista tem que haver uma elite política mais poderosa do que todas as outras elites. Como o Estado passa a ser o Senhor dos senhores, Rei dos reis, a Elite das elites, a opressão do governo acaba sendo invencível, pois não há ninguém acima do mesmo. A família Castro em Cuba é um exemplo desse tipo de governo opressor. O sistema capitalista também não é uma coisa boa, mas é o melhor que temos no momento, pois, pelo menos, não temos de enfrentar a polícia que sempre serve a um Estado totalitário, ao invés de defender a população".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


"A escatologia bíblica é semelhante a Trindade Divina; é uma coisa só ao mesmo tempo em que é composta de passado, presente e futuro. Ao escrever Apocalipse 1:19, o apóstolo João é simultaneamente futurista, historicista, idealista e preterista. Temos então em primeiro lugar a maior parte da profecia cumprida no passado (Preterismo). Num segundo plano temos uma aplicação presente da profecia cumprida (Historicismo e Idealismo). Este último caso não se trata de cumprimento, mas de aplicação dos modelos ou arquétipos que a profecia cumprida fornece como exemplo. Em terceiro lugar, a profecia cumprida (Preterismo) aponta para um pouco de futurismo, no qual se acredita na expansão e conquista do Reino de Deus em todo o mundo e na segunda vinda de Cristo. Este modelo de escatologia que proponho chamo de "Escatologia Concreta", a qual mantém o Preterismo como cumprimento principal ao mesmo tempo em que mantem o Historicismo e o Idealismo apenas como aplicadores dos exemplos passados. Nessa Escatologia Concreta temos também o esvaziamento do Futurismo, tirando todas as suas especulações proféticas e preservando aquele pouco essencial que a Bíblia ensina sobre o futuro".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Nunca vou me esquecer daquela mulher alemã que pagou minha passagem de itapema para Balneário Camboriú no ano de 2009. As nossas almas se cruzaram naquele ponto de ônibus. Eu não tinha todo o dinheiro da passagem. Ela resolveu. Não por causa disto, mas o alinhamento de nossas almas será inesquecível. Quem será ela? Na eternidade saberei!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Hoje eu estava me lembrando de como era torturante ficar quatro horas por dia dentro de uma sala de aula. Pior ainda é saber que tudo aquilo poderia ser resumido em duas horas por dia. Sem contar o quanto era constrangedor ouvir o falatório de professores dando opiniões sobre religião, estilo de vida e até de querer decidir em quem nossos pais deveriam votar. Refletindo sobre tudo isso, vejo o quanto insano é alguém querer escola integral fornecida pelo governo. Deus que me livre! Pelo amor de Deus, que haja menos a presença do Estado na vida de nossas crianças. Que haja mais espiritualidade-religiao e família, e menos Estado. Se muitos professores não conta nem de sua vida pessoal, quanto mais poderão estragar crianças e adolescentes desarmados de um espírito crítico. Poucos são os verdadeiros professores que estão dispostos ensinar tão somente o conteúdo das matérias".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Quando alguém me manda um vídeo de algum pastor falando sobre santificação, imediatamente me recuso totalmente em assisti-lo, mesmo porque o assunto sempre vai girar em torno dos pecadinhos dos irmãozinhos. Nunca vi nessas pregações algum pregador que falasse do mau médico, do mau advogado, do mau político e rico. No dia em que os pastores exortarem com firmeza todo mundo por igual, quem sabe eu ainda tenha paciência em ouvi-los. A gente chega num desgaste tal que já não suporta ouvir papo furado de pregador viciado em formas de sistemas denominacionais. Sempre falam as mesmas coisas com os mesmos jargões. Prefiro as Escrituras!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"O rabino Henry Sobel deixa claro em um artigo que os judeus não reconhecem Jesus como Messias porque as profecias messiânicas não se concretizaram. Segundo ele, a "opressão não terminou, a guerra não acabou, o ódio não cessou, a miséria não findou. E, acima de tudo, a tão esperada regeneração espiritual da humanidade certamente não ocorreu". Assim como Jesus jogava constantemente na cara dos escribas e fariseus a famosa frase "nunca lestes nas Escrituras?" (Mateus 21:42), a mesma pergunta poderia ser feita hoje a Henry Sobel e a tantos outros judeus. Eles nunca leram nas Escrituras que o aumento da paz do Reino messiânico é progressivo, e não imposto abruptamente? Veja Isaías 9:6: "Do AUMENTO deste principado e da paz não haverá fim...". Isto sem contar outras Escrituras que mostram a conquista gradual desse Reino Messiânico. Temos em dois mil anos de história cristã a promessa do Senhor Jesus sobre a conquista do Reino sendo cumprida em todos os setores da vida humana. Portanto, o Senhor Jesus Cristo é de fato o Messias prometido".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

Deus está no controle?

Um pastor famoso disse que "se Deus está no controle, então Ele está assassinando bebês agora mesmo. Se Ele está no controle, então Ele está causando guerra e disseminando doenças. Não há outro caminho. Se Deus está no controle, então Ele é o responsável". Eu não só vi isso como uma grande ingenuidade como também é a velha e mofa história de tentar dar uma explicação para o problema do mal no mundo. Muitos perguntam: "Como a presença do mal no mundo é compatível com um Deus bom?" O caso do pastor em questão mostra a tendência em se acreditar num mundo mágico ou ideal como deveria ser na cabeça dele, caso Deus seja de fato todo-poderoso. O que as Escrituras dizem sobre Deus é mais do que o suficiente para mostrar a Sua insondável Grandeza. O fato de Deus permitir o mal no mundo faz parte de Seu controle Soberano. O pastor em questão poderá apelar para a divisão entre pensamento oriental e ocidental, mas se essa divisão fosse real, não poderíamos nem mesmo conhecer a Cristo. Precisamos de uma mente judaica-oriental para conhecer a Deus? Por outro lado, lembre-se que Deus "colocou querubins ao oriente do jardim do Éden" para "guardar o caminho da árvore da vida" (Genesis 3:24). Cuidado com as doutrinas orientais!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

 "Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu.

 Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas, para que as coisas que não são abaladas permaneçam". - Hebreus 12:26-27

Como posso continuar sendo pós-milenista depois desse caos de pandemia instalada no mundo? Como posso continuar sendo otimista em relação ao futuro diante de tanta oposição à fé cristã. Ora, essas coisas aconteceram "para que as coisas que não são abaladas permaneçam". De fato, muitas igrejas tiveram que fechar as portas, o carnaval não aconteceu em sua plenitude, falsos pastores tiveram prejuízos irreversíveis. Tudo isto aconteceu para que permaneça aquilo que realmente é. Se algumas igrejas não abrirem mais as portas, se falsos profetas não voltarem mais etc., fica assim provado que Deus os abalou. Mais uma vez o mundo toma um rumo otimista!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Porque muitos têm tantas dificuldades de entender as loucuras e atrocidades do Antigo Testamento? É porque essas pessoas ignoram que aquele era um tempo de "sombras" para Israel e escuridão para outros povos. O Antigo Testamento conta as coisas exatamente como elas aconteceram. Os povos daquele período estão absurdamente longe de serem classificados como os civilizados e modernos povos do século 21. Tal era o nível de concentração de maldade que a consequência para muitos povos daquele tempo só poderia ser o extermínio. Aí está explicado o porquê Deus ter que constantemente aplicar juízos terríveis. Não podemos interpretar aquele tempo com as "lentes" da modernidade. Deus é amor, e Ele não foi diferente naquela época. Um estudo minucioso e contextual ajuda a trazer luz sobre os tempos sombrios do Antigo Testamento".
 
César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org
 
 "Um advogado esquerdista roxo me disse que aprendeu na faculdade de direito que pedofilia é doença. O que achei curioso não foi esta ideia em si, mas o fato de um professor de direito apresentar tal ideia em sala de aula sem estimular seus alunos para que procurem um estudo contraditório da mesma. Ainda mais em um curso de direito, os próprios alunos deveriam questionar o tempo todo. Hoje em dia, quando lembro do meu passado de encrencas em sala de aula, fico pensando como faz falta alunos questionadores. Não se trata de questionar as matérias e o método de ensino, mas as ideologias que são passadas sutilmente em sala de aula. No final das contas, a relação aluno professor reflete aquilo que Jesus disse: "Deixai-os; são cegos, guias de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco" (Mateus 15:14). Graças a Deus que a IBM está desenvolvendo um programa de computador com inteligência artificial que irá dispensar o trabalho de noventa por cento dos futuros advogados".
 
César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org
"A única saída para enfrentar esses governadores e prefeitos ditadores será a desobediência civil pacífica por parte da população. Sei que muita gente fica desanimada em pensar sobre isto porque acredita ser necessário convencer cem por cento da população. Mas não é este o caso! Basta pequenos grupos de intelectuais estudiosos do assunto, somados aos youtubers de direita, para a condução das massas. Basta encher as avenidas de grandes centros para que haja um efeito "pipoca" por todo o país. Muita gente está estudando este assunto por todo o país. As técnicas da Desobediência Civil Pacífica são  estudadas a mais de sessenta anos, principalmente pelo autor Gene Sharp - que compilou 198 métodos de ação não-violenta. A Desobediência Civil Pacífica tem da do certo nos países onde foi aplicada. Antes que algum débil mental jornalista venha dizer algo, já adianto que a Desobediência Civil Pacífica não é crime. Mas é um veneno contra os malfeitores da nação. DESOBEDIÊNCIA CIVIL PACÍFICA JÁ!
 
César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org
 Mensagem de ânimo para o Brasil
 
"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens". - Atos 5:29
 
Neste último final de semana recebi vários vídeos de policiais VISIVELMENTE maltratando injustamente comerciantes em todo o Brasil por causa da fiscalização da pandemia. Alguém poderá dizer: "Eles só estão cumprindo ordens!"
 
Diante dos decretos injustos contra a população nós também podemos dizer que cumprimos ordens. E a ordem é esta: "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens".
 
Foi com esta coragem e palavras que os primeiros cristãos conseguiram derrubar e colocar de joelhos o Império Romano. Os abusos estão acontecendo por todo o Brasil, mas todo cristão estudante da Bíblia sabe que há limites na obediência as leis humanas. O fato histórico é que os cristãos não obedecem leis de tiranos que contradigam as leis Divinas.
 
O cristão é pacífico, mas também sabe derrubar impérios. A história confirma isto!"
 
César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org
 
 "Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem…"
         - Jeremias 17:5
 
Até quando vocês vão tratar como Palavra de Deus tudo aquilo que os jornalistas dizem? Pelo amor de Deus; há muita distorção, mentira, malignidade, invenção de males, fofoca etc. Acredito que mais de noventa por cento do que dizem é MENTIRA. Até quando vocês vão acreditar em números e histórias narradas pela imprensa. Não tirem o corpo fora dizendo que o povo é gado manipulado. Pode ser você o manipulado sem perceber. O problema é antigo, pois já dizia Raul Seixas: "Eu não preciso ler jornais, Mentir sozinho eu sou capaz". No dia a dia ouça as pessoas repetindo o que viu e ouviu no rádio e na TV sobre a suposta pandemia: "Morreu fulano de peste chinesa", "duzentos casos aqui e ali em menos de vinte e quatro horas" etc etc. Até quando vocês vão continuar sendo CRENTES INGÊNUOS ? A palavra do jornalista virou PALAVRA DE DEUS? Somente o contraditório dessas notícias é que pode nos ajudar a separar a verdade da mentira. O velho Aristóteles já ensinava que o conhecimento só progride com a análise do contraditório".
 
César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

 "Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu.

 Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas, para que as coisas que não são abaladas permaneçam". - Hebreus 12:26-27

Como posso continuar sendo pós-milenista depois desse caos de pandemia instalada no mundo? Como posso continuar sendo otimista em relação ao futuro diante de tanta oposição à fé cristã. Ora, essas coisas aconteceram "para que as coisas que não são abaladas permaneçam". De fato, muitas igrejas tiveram que fechar as portas, o carnaval não aconteceu em sua plenitude, falsos pastores tiveram prejuízos irreversíveis. Tudo isto aconteceu para que permaneça aquilo que realmente é. Se algumas igrejas não abrirem mais as portas, se falsos profetas não voltarem mais etc., fica assim provado que Deus os abalou. Mais uma vez o mundo toma um rumo otimista!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Perto do final da década de noventa as notícias dos jornais me davam calafrios. Muitíssimo mais que hoje! Falo com conhecimento de causa! A carga de coisas ruins acontecendo, somadas as expectativas escatológicas fornecidas pelos pastores, me traziam forte desânimo em relação ao futuro. A carga estava muito pesada de carregar naquela época. Passados vinte anos, quando olho para trás, e vejo que a minha vida e a de outros teve diversas evoluções, alegrias, tristezas e esperanças; fico pensando o quanto fomos enganados a respeito do colapso final de nossa civilização. O mundo evoluiu até aqui. Diversas coisas boas aconteceram. Nós nem podíamos sequer imaginar que o mundo hoje estaria como está. A circunstância ruim de hoje vai passar e o mundo vai continuar. Há mais de vinte anos pensamos que o fim estava próximo porque não tínhamos uma alternativa escatológica para avaliarmos. Hoje vejo os mesmos erros escatológicos do passado se repetindo, mas a diferença é que os crentes mimados de hoje têm mais alternativas de entendimento".

Cesar Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Logo que falaram os sete trovões, eu ia escrever, mas ouvi uma voz do céu, dizendo: Guarda em segredo as coisas que os sete trovões falaram e não as escrevas". - Apocalipse 10:4

Todas as gerações que passaram nesses dois mil anos de Cristianismo achavam que a Bíblia revela tudo o que estava acontecendo em seu tempo. Mas Deus mostrou ao apóstolo João em Apocalipse que Ele não contou a história toda e também não satisfará a curiosidade de ninguém sobre o que vai acontecer em cada geração. Por exemplo, não adianta procurar na Bíblia alguma evidência de que a China vai dominar o mundo nas próximas décadas. Isto não está escrito lá! Agora, de uma forma indireta, Deus já nos contou a história do começo ao fim, pois toda a Escritura Sagrada é um espelho que mostra com profundidade o que é o ser humano. É por isto que não estamos sem um guia profético no decorrer da história, pois as Escrituras já contém todas as experiências humanas possíveis".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Votaram contra a abertura de igrejas e templos por causa do vírus. Temos visto padres e pastores tendo seus cultos violados por fiscais e policiais militares. Agora pergunto: 'Onde estão os chamados crentes penteca de fogo, e as igrejas cheias de poder? Onde estão aqueles que dizem que há cura? Onde estão os que dizem ter revelações e visões? Onde estão os pastores e membros de igrejas que dizem que o Senhor Jesus é o Único Rei? E os fala mansa dos Caios Fábios e Ed René Kivitz da vida? E os Augustus? Cheguei a conclusão que tudo não passa de teatro. O vosso Cristianismo foi deixado para trás. A fantasia do arrebatamento secreto tirou de vocês o espírito de luta e resistência. Geração incrédula! Vocês não acreditam em Deus! É o vírus é o vírus, dirá alguns. O vírus está na vossa cabeça. O tão esperado e sonhado tempo do Anticristo chegou para vocês. É hora de decidir se vocês vão adorá-lo ou não!"

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

O uso da linguagem metonímica contra a Fé Cristã

 Veja um exemplo de linguagem metonímica:

“Por determinação da justiça a polícia prendeu um homem". 

Veja a mesma notícia sem linguagem metonímica:

 “Por determinação de um juiz, policiais prenderam um homem. 

Esta segunda frase dá nome aos "bois" e abre espaço para que pessoas reais de carne e osso sejam processadas e punidas, ao passo que a primeira frase fala de instituições abstratas. 

Então, quando alguém diz que a Igreja ou o Cristianismo cometeu muitos crimes ao condenar pessoas na Inquisição, essa pessoa está ocultando pessoas reais que fizeram o serviço sujo, ao mesmo tempo em que generaliza todo o corpo de Cristo. 

O mesmo se dá com aqueles que atacam o sistema religioso. O sistema religioso não é bom ou mau por si mesmo. Quando atacamos esse sistema ou qualquer outra instituição estamos, na verdade, ocultando os verdadeiros culpados.

O pessoal da mídia e muitos professores sabem o poder que a linguagem tem para manipular. E dessa forma eles têm falado contra a Fé Cristã por muito tempo.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Negar a doutrina da Trindade é o MAIOR ato de arrogância que uma pessoa pode chegar. É o indivíduo que não sabe nem o que está acontecendo em seu intestino neste exato momento e quer opinar sobre o Mistério da Divindade. Esse tipo de gente é tão desqualificada que chega a perder ponto para cientista ateu, sendo que este último embora não entenda certos mistérios do Universo, todavia não os nega mas aceita pela fé. Quem nega a Trindade não só fabrica para si mesmo um ídolo, mas também em sua imaginação fértil imagina a Trindade em termos idólatras".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"O intérprete moderno da profecia bíblica é o ser mais cara de pau que existe, pois, aquilo que Deus diz que acontecerá "em breve", ele diz que é "distante". E, quando Jesus disse "esta geração", ele diz que é "naquela geração". Ao mesmo tempo em que muda as palavras de Deus, o intérprete moderno diz que agora, em 2021, o "em breve" literalmente está perto, não haverá atraso de milhares de anos. Ao mesmo tempo diz que esta geração de 2021 é de fato "esta", e não "aquela". Se o leitor não entendeu o que eu quis dizer aqui, quero apenas que entenda que nem eu mais entendo a cabeça do intérprete moderno da profecia bíblica e seu fetiche por profecias para nossa época".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org
"A minha maior conquista todos os dias é pedir perdão a Deus de todos os pecados que cometi no dia. Embora muitos não gostem da ideia,  isto significa que ainda estou sadio de alma. Enquanto eu me reconhecer como pecador será o sinal de que estou alinhado com o ETERNO".

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

O que há no horizonte profético para o diabo?

Sempre ouvimos que o diabo está no controle do mundo. Além de ser uma ideia antibíblica, a Bíblia diz que Satanás está derrotado, desarmado, destruído, caído e derrubado. Ele foi “esmagado” sob os pés dos primeiros cristãos. Ele perdeu “autoridade” sobre os cristãos e foi
“julgado”. Ele não pode “tocar” um cristão. Suas obras foram destruídas. Ele não tem “nada”. Ele “foge” quando é “resistido” e está “amarrado”. Os primeiros cristãos entenderam o lugar do diabo no universo soberanamente controlado por Deus.

(Referências: Colossenses 1:13; 2:15; Apocalipse 12:7–17; 20:2; Marcos 3:27; Lucas 10:18; 11:20; Romanos 16:20; João 16:11; 1ª João 5:18; 14:30; 1ª João 3:8; Tiago 4:7). 

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

Durante um bom tempo quase que nos proibiram totalmente de comer e fazer várias coisas:

Não coma ovo, faz mal.
Não tome Sol, faz mal.
Não use sal na comida, faz mal.
Não beba vinho, faz mal.
Não beba remédios caseiros e chás, faz mal.
Não procure a homeopatia, faz mal.
Não procure medicina alternativa, faz mal.

A única coisa que faz bem é fazer aborto legalizado, eutanásia, pedir a liberação da maconha e promover a perversão sexual. 

Isto é o que chamam de "ciência". Coitado de quem tem fé cega na ciência. Estará sujeito a mudanças o tempo todo e nunca chegará ao conhecimento da Verdade.

O negócio mesmo é ter em Deus, observar Sua criação, usufruir de Sua gratuidade e seguir seus passos. O resto parece ser interesses financeiros o tempo todo.

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org

"Em uma época em que o uso de máscaras se tornou obrigatório, a máscara de muita gente caiu. Apesar da credibilidade dos jornalistas estar na lama e no lixo, ainda tem gente que repete os números da FrauDemia, dizendo que está morrendo muita gente e que as UTis estão lotadas (grande novidade!). Se isso não for um retardo mental ou lavagem cerebral, só pode ser maldade de um coração endurecido, de um povo que ama acreditar na mentira e se satisfaz com ela. No dia a dia tem lidado com um povo arrogante que não só sabe tudo, mas também opina em tudo. Encontro pessoas que têm as melhores soluções para o país. Não cuidam nem de suas empresas e querem dizer o que o presidente deve fazer. Nessa luta chega num ponto que já penso em falar em códigos para que muitos não venham entender mais nada. Isto me faz lembrar da atitude do Senhor Jesus Cristo em relação a incredulidade do povo de Sua época, quando se diz:

"Por que lhes falas por parábolas? Ao que respondeu: Porque a vós outros é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas àqueles não lhes é isso concedido". (Mateus 13:10-11)

César Francisco Raymundo, editor da www.revistacrista.org


 

 

 

   

 

 

Frases do Diário Escatológico 2016-2019 e 2020. Agora reunido em e-books: